sexta-feira, 2 de outubro de 2009

O Cofre-mesinha

Meu pai fez um cofre para mim, e nem foi para guardar dinheiro ... ... nem sei direito porque foi. Mas o que importa é que fez, teve este cuidado comigo. E quando "casei" passei a usá-lo como mesinha de cabeceira.
Certo dia resolví pintá-lo. Tinta branca com brilho porque fosca marido não compra nem por um decreto, não sei qual a razão.


Fita crepe nas dobradiças e fechadura porque a chave é um episódio à parte. Ninguém sabe onde está!!!!!! Depois de dias secando entre demãos e demãos de tinta ... ... ... arranco as fitas com cuidado, mas acredito que tenha sido pouco, lá vem tinta grudada na fita. Cara de choro, cadê a danada da chave? Mais tinta e... ... ficou só mais ou menos. Mas, ainda melhor do que estava. Enquanto que a chave ... ... ... ... ...

Este "Quebra-Luz" ganhei de minha mãe. Ela ganhou de presente de casamento, não é lindo?!

4 comentários:

Isabel Cristina disse...

OI Rita, o mais importante, é uma recordação de seu pai! Uma casa precisa ter móveis assim, com história e que nos remete a momentos felizes. Já aconteceu isto comigo também, de colar fita crepe para proteger algum cantinho da pintura e a pintura vim junto com a fita na hora de arrancar. Ai, que sufoco!! Beijocas e bom final de semana!

Luziane Brock disse...

ficou muito bonito! agora ele aparece mais, antes ficava ai escondidinho!
comigo nao aconteceu isso da fita crepe (nao que eu tenha pitado muitas vezes na vida rsrsrsrsrs) mas pelo menos conseguiu concertar! Agora a achar a chave =P essa fujona!
beijoa Malu
www.malukreando.blgospot.com

inspirações da Jô disse...

Ficou bem mais bonito o cofre!!!!!!E o guarda luz, também é uma peça belíssima!!!!!!
Beijos!!!!!

inspirações da Jô disse...

Retificando...
"Quebra luz" e não guarda luz!!!!
Desculpe!!!!Mas seja lá como for, eu gostei demais!!!!!!!
Beijos!!!!!