sexta-feira, 22 de maio de 2009

A fênix, a cachaça e o ajeitadinho

Durante toda esta semana estive ocupadíssima! A Diretoria esteve em nossa representação e passei muito tempo servindo café e água. Sorrindo, fazendo ligações, sorrindo, calculando renovações de seguros, sorrindo, sorrindo ... ... não tive tempo para retribuir as visitas ou postar qualquer coisa. Também não estava nem um pouco inspirada. Aqui tem chovido muuuuuito. E como todos sabem, não me dou muito bem com período chuvoso. Hoje ví nuvens tão carregadas que lembrei-me do que passei na enchente de 2005. Ficamos com a casa rodeada de água. Ví muita coisa passar naquela água barrenta, inclusive geladeira e cobras. Como ainda não conseguimos fazer um andar superior em nossa casa, espero que não ocorra uma enchente nos próximos anos.

Mas, como tudo passa, esse período cinzento também vai passar. Lá no nosso quintal, uma planta teima em existir. Ela já foi "arrancada" várias vezes, mas sempre renasce, então ganhou o nome de Fênix. Nem me perguntem sobre o nome verdadeiro ou científico porque não sei. Mas o que quero mostrar é essa flor. Raramente tiro alguma flor pra enfeitar a casa, mas como o quarto estava meio sem gracinha, coloquei a flor num vasinho. E pra confirmar minha tese de que não devemos mesmo cortar as flores, ela passou apenas um dia assim. Logo murchou e morreu. Nunca mais faço isso!
















Na semana passada, marido me pediu uma garrafa, porque iria preparar uma cachaça e presentear um cliente. Inspirada numa garrafa que ví no blog da Viviany, passei um verniz vitral e fiz alguns "arabescos" com tinta relevo dourada. A cachaça foi feita com cana-de-cabeça, anis estrelado, cravo, canela, erva doce e um pouco de mel. Se ficou boa eu não sei. Mas cheirosa ficou.

E pra não deixar faltar uma receitinha, vou contar como fiz, num dia de muito stress por causa da quantidade de roupa suja e do tempo chuvoso. Como o stress estava a ponto de fazer minha cabeça explodir, entrei na cozinha já na hora do almoço. Peguei uma sobra de arroz, com outra pequenina sobra de carne e legumes cozidos. Refoguei uma cebola bem cortadinha na manteiga (pouca), misturei o arroz, a carne e os legumes, acrescentei azeitonas picadas e ovos fritos. Coloquei no meu prato preferido e por cima muito queijo ralado. Em menos de vinte minutos o almoço estava sendo servido.

9 comentários:

Eliene Vila Nova disse...

Oi amiga
vim te desejar um final de semana maravilhoso e desejar boa sorte na promoção domingo
beijos

disse...

Olá minha linda,

a receitinha não vou perder já tô levando para o receitinha e a cachaça deve ter ficado muito boa, não tem receitinha não??? a garrafa é maravilhoso e que idéia ótima, ficou linda mesmo.
Beijos com saudaes e um fim de semana maravilhoso, tomara que você consiga secar toda a roupa, não tem coisa pior quando a roupa não seca por mal tempo,As chuvas estão castigando nossos estados tão lindos que Deus tenha olhares para todos vocês e que as chuvas parem um pouco.
Beijos, muitos beijos final de semana bem gostoso pra ti!

BRUXINHA disse...

Oi Rita, que bom receber tua visitinha lá no meu blog. Hoje ao fazer o post pensei, são coisas tão simples, talvez não agradem a ninguem, mas achei que devia postar pq são as minhas e gosto delas, simples ou não.Que bom que varias amigas gostaram dos meus mimos . Olha andei postando varios selinhos no meu blog nos ultimos dias, não fiz indicações especificas , deixei bem a vontade , então se gostar e quiser pegar algum, ou todos rsss , pode pegar bjs e bom fim de semana.

http://primaverilnomuro.blogspot.com/ disse...

Olá Rita
Como você gosta de découpage, no blog Artes da Táta tem vídeos de vários tipos de découpage. Vai lá.
Beijos Fátima Rosana

Viviany disse...

Rita queriida , saudades !!! A cachaça deve ter ficado ótima , e essa comodinha hum , diliça , hehehe ...
Bjuss *

Isabel Cristina disse...

OI Rita, também ando na correria por aqui, e sempre sorrindo... rs rs. Que garrafa mais linda! Meu marido adora colecionar cachaças, vc me deu uma boa idéia, costumizar as garrafas! Não fique triste pela flor ter morrido, ela cumpriu sua missão, que é enfeitar, não acha? ME pareceu flor de antulho. Será? Beijos

Wlady disse...

Oi Rita! que bom ter notícias de vc! A enchente destroi, danifica as coisas de casa e ainda há o perigo das doenças... que Deus proteja sua casa!
Quanto a trabalhar bastante, sempre passamos por uma fase mais apertada né!
bjk e ótima semana

Geovana disse...

Que resumão da semana....
Ah! aqui conheço essa flor como Antúlio (antúrio), nem sei.
Tô com fome, esse prato ia bem, até tomava um gole da cachaça (nem gosto, mas tomava) só pra acompanhar.

Beijos.

Suelly Marquêz disse...

Rita, a embalagem da sua cachaça está lindissima, usou a sua criatividade, e senti daqui de Minas o cheiro do ANIS E DA CANELA, pudera!!!UAI????????
O MARIDÃO AJUDOU?
Ah, esta agua que nao para de subir, hein?
Tenho observado a meteorologia sempre, mas creio que Deus proverá ajuda, sempre estarei por aqui, enviando minhas preces para todos. Uma frente de ajuda tem saido daqui, que todos sejam melhor acomodados, dias melhores virão.
Beijos.
Suelly