terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

A Janela


Esta seria a minha janela. A janela do meu quarto. Grande, com vidro e uma cortina de crochê, branca feita por mim. Eu acordaria aos poucos. Acordaria com o amanhecer, com o nascer do sol, o dia ia clareando e eu acordando, clareando e eu acordando.
Quando finalmente eu acordasse, com o sol entrando sorrateiro pela minha janela e com o canto dos pássaros, eu levantaria, iria até ela e somente afastando a cortina eu olharia para as flores que teria no meu jardim.
Receberia então, feliz um doce BOM DIA! do dia, da vida ... ... e só então começaria minha rotina, feliz! Muito feliz!!!!!
(Foto da Revista Casa e Jardim: Janelas Ajardinadas - Edição de Janeiro/2008)

3 comentários:

Edna Araújo disse...

Olá Amiga!
Venho desejar uma bela semana , cheinha de benção de Deus pra você e sua familia!
Beijinhos.

Geo disse...

Seu post me lembrou minha infância (adolescência) quando eu ficava olhando revistas de casa e jardim e imaginando como minha casa seria. Imaginar também é viver.

Geo disse...

Rita, vc já analisou a sua capacidade de atrair pessoas? (Só agora tem 04 on-line). Vc escreve coisas simples, nem escreve todos os dias, mas a gente sempre passa aqui pra pegar essa energia boa. Conta aí o segredo.

Beijo grande!

Geo